Como criar negativos digitais

Recentemente lançamos o kit Cyano Paper, uma caixinha com várias folhas de papel preparadas com químico de cianotipia, prontas para serem usadas. A ideia é possibilitar a prática do cianótipo àquelas pessoas que não querem se preocupar em montar uma estrutura para isso. Com isso recebemos muitas perguntas sobre como fazer o negativo digital.

Aqui vamos mostrar como nós fazemos os nossos. Sabemos que existem muitas outras formas, inclusive utilizando programas gratuitos de edição de imagem, mas aqui usamos o Photoshop e o passo-a-passo a seguir é com ele.

Bom, antes de tudo você precisa saber que em muitos dos processos fotográficos históricos (como aqui no exemplo o Cianótipo, mas também o Van Dyke, Goma Bicromatada, Papel Salgado, Albumina...) fazemos as imagens por contato, ou seja, posicionamos algum objeto sobre o papel preparado com o químico e levamos para expor. Dessa forma obtemos, por contato, o desenho da silhueta do objeto, como faziam os primeiros "fotógrafos" como Talbot e seus desenhos fotogênicos.

Two delicate plant fronds - Photogenic drawing negative, Fox-Talbot -1839

Como Anna Atkins em seu livro

“Photographs of British Algæ. Cyanotype Impressions” de 1843

Ou ainda como Man Ray e seus Rayographs:

Mas, também é possível conseguir imprimir por contato uma fotografia que você tenha feito anteriormente, seja ela analógica ou digital. Para isso usamos um "negativo digital", que é uma transparência com uma imagem fotográfica impressa com as cores invertidas (Negativo) para que possamos obter uma fotografia positiva por contato.

A imagem final vai ser exatamente do mesmo tamanho do negativo, mas tudo que é "preto" no negativo, vai sair "branco"no positivo.

Essa impressão precisa ser de qualidade e bastante densa, pois é o que vai determinar os tons e meio tons da impressão.

Você precisa saber que existem 2 tipos de transparência: as para impressora jato de tinta e as para impressora a laser. As para jato de tinta tem maior densidade, por isso são melhores para se usar nos processos. Existem transparências especiais para processos fotográficos alternativos, como a Pictorico, mas estas, infelizmente, não são encontradas no Brasil. Costumamos usar a "Filipaper Inkjet Transparência" que é bem fácil de encontrar nas papelarias e lojas especializadas.

Você vai precisar de: - Um computador com programa de edição de imagens - Folhas de transparência para retroprojetor específica para impressoras jato de tinta - Uma impressora jato de tinta

Como fazer:

1) Abra a imagem no photoshop